sábado, 18 de junho de 2016

A IGREJA QUE CAIU X A DOUTRINA DO TRIUNFALISMO



Há muito tempo venho ouvindo declarações que mais me parecem terem sido fruto de uma “teologia de botequim” do que advinda de um exame apurado das Escrituras.

A Coisa é mais ou menos assim: Se você é Servo de Deus membro de uma igreja “avivada”, certas situações ruins não irão ocorrer com você.

E Para dar “base bíblica” à tal declaração, versículos fora do contexto são utilizados, desconsiderando toda e qualquer regra de interpretação bíblica.

O problema se dá quando alguns eventos ruins começam à ocorrer, mesmo por quem é adepto deste tipo de movimento.  E logicamente, como problemas ocorrem com todos, os “pregadores do triunfalismo” colocam a culpa sobre os fiéis declarando que a fé deles não foi suficiente para “protege-los”.

Não é de se estranhar que na mesma proporção que tais igrejas “imediatistas” crescem, elas também perdem membros, que decepcionados com Deus, acabam deixando o Evangelho. Os famosos “desviados” ou “desigrejados”.

Pregar o triunfalismo é ir contra a verdadeira mensagem bíblica, é prometer o que Deus não prometeu, é agradar aos homens, é anunciar o que é terreno e se esquecer do que é espiritualmente relevante.

Em Eclesiastes, Salomão diz : “Tudo sucede igualmente a todos; o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao puro, como ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.Eclesiastes 9:2

A Bíblia deixa bem claro que todas as coisas acontecem com todos. E que a lê, verá o que se passou na vida de grandes e fiéis homens de Deus.

A lista é bem conhecida: João – o Batista ´- decaptado, Apóstolo Paulo – Torturado e decaptado, Mateus – ferimento por espada que infeccionou, Tiago – Jogado de um penhasco, Bartolomeu – chicoteado até a morte, Pedro – crucificado de cabeça para baixo e além de muitos outros, temos o nosso Senhor Jesus que foi crucificado. Ou seja, se podemos falar de homens de fé, de um “time” de qualquer espiritual inquestionável, esses são alguns dos nomes.

Muitas vezes no pecado do julgamento sobre a fé alheia, crentes da linha “mais espiritual do que os outros”, criticam os “menos espirituais” quando estes passam por suas aflições e tribulações.

Entretanto, episódios recentes de grande repercussão nacional, deixam os adeptos do “triunfalismo” sem respostas coerentes. Em 2011, na região serrana do Rio de Janeiro, inúmeros municípios foram devastados por deslizamentos de encostas. Entre os templos destruídos, mortos e feridos encontravam-se pessoas das mais diferentes religiões. Desde Ateus, passando por crentes tradicionais chegando até mesmo às igrejas pentecostais. Todos, sem distinção, foram atingidos!

Como explicar? Falta de fé? Impossível !!!

Agora, em Junho de 2016, um templo repleto de pessoas em oração, desabou deixando mortos e feridos. Como explicar ?

O problema da “Teologia de botequim” é que ela cria a “Ética de esquina”. Ela ensina que uma vez você crendo no Deus Todo Poderoso, você pode desafiar as leis da natureza, da biologia e até mesmo às leis de um país.

Incontáveis construções de templos religiosos sem planta, sem licença e sem planejamento. Incontáveis motoristas sem habilitação para dirigir. Incontáveis desafios à lei dos “homens”, pois afinal Deus “nos protegerá” de toda a nossa irresponsabilidade. Será Mesmo?

Deus faz milagres, nisto eu creio. Deus nos protege. Porém temos que ter a mesma sabedoria de Jesus para não entrar no jogo sujo Satanás. Vejamos o texto: “Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo,
E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra.
Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.
Mateus 4:5-7

No momento que escrevo este artigo, o Brasil está passando pela maior crise econômica de sua história. Não importa sua denominação, sua linha doutrinária, se você é ou não mais “avivado”. Todos estamos no mesmo barco. Ao mesmo tempo, conheço duas dezenas de pessoas atravessando graves crises com questões ligadas à saúde. Pessoas que oram pela cura, pessoas fiéis ao Senhor, pessoas de todas as linhas doutrinárias...

Minha palavra tem sido sobre a “Escola da Dor”, a qual Deus usa para nos ensinar importantes lições espirituais.

Neste momento que traz grande reflexo sobre a vida espiritual da Nação, os pregadores do “triunfalismo” fariam bem em se arrependerem deste pecado e se voltarem para anunciar o que diz a Bíblia. Jesus disse: “Porque haverá então grande tribulação, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá.Se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém sobreviveria; mas, por causa dos eleitos, aqueles dias serão abreviados.

Sim, o que estamos passando ainda não é a tribulação...e mesmo assim, alguns cristãos estão desanimados, descontentes com suas igrejas, desviando de sua fé e blasfemando contra Deus. Estamos apenas vivendo uma “escola” pré-tribulacionista.

Mas do que nunca é hora de lembrar do seguinte versículo: “Se enfraqueces no dia da angústia, a tua força é pequena.
Provérbios 24:10

Reflita comigo: Você acredita que o “triunfalismo” te dará base espiritual para enfrentar a Grande Tribulação? Ou você não crê que nem começamos ainda o “Início das Dores”?

Sim, igrejas caem, igrejas assaltadas, crentes ficam doentes, pastores tem câncer, cristãos ficam desempregados...A Promessa da Bíblia nunca foi que tais coisas não aconteceriam. Jesus disse: “...no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.”


Somente uma fé coerente, madura para entender que o Mundo não é um parque de diversões e que nosso refrigério será na Eternidade, pode nos manter de pé diante das adversidades do Mundo.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Igreja Batista Brasileira Dover Shores


quinta-feira, 16 de junho de 2016

Ministério Brasileiro em Orlando

sábado, 4 de junho de 2016

Uma Nova Igreja em Orlando: Ministério Brasileiro da Dover Shores Baptist Church


Uma nova comunidade evangélica de língua portuguesa está nascendo em Orlando, Flórida. Trata-se do Ministério Brasileiro da Dover Shores Baptist Church. A Igreja é liderada pelo Pr.Jack Parrott, um visionário pastor com um grande amor por todos os povos e a obra de evangelização.