quinta-feira, 13 de abril de 2017

BÍBLIA: A SOLUÇÃO PARA A CRISE MUNDIAL NA LIDERANÇA ! ( PRIMEIRA PARTE)


O Planeta Terra vive uma crise sem precedentes entre seus habitantes. Sim, temos crise imigratória, crise hidríca, crise ambiental, crise econômica...muitas crises. Porém, não me refiro à nenhuma delas neste exato momento. Minha afirmativa se refere à maior de todas as crises, a crise que gera todas as outras: A Crise na Liderança!

Longe de mim, ao escrever esse artigo, me julgar o "Líder Perfeito". Diria como Paulo: "Não que a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar...". Estou sempre em fase de aprendizado. Aliás, alguém disse: "O Sábio aprende com o erro dos outros, mas o tolo com seus próprios erros".

Na consciência de observar ao redor para evitar cometer os mesmos erros, se constata um crescente número de pessoas envolvidas em funções de liderança que abandonaram os princípios elementares da mesma.

Vivemos a fase entre escolher entre "O ruim e o menos pior", pois não temos bons nomes e bons exemplos quando vamos escolher nossa liderança. Falo desde a simples escolha para presidente de uma associação de moradores até o presidente da mais alta instituição mundial. Há um vazio, há um vácuo...Há uma crise !

Qual o motivo desta Crise? Simples resposta: O Modelo de liderança que está sendo adotado.

Existem líderes do "Bem" e do "Mal".  Jesus é a personificação máxima da Liderança Bem. Porém, existe o "anti-Cristo" que será a personificação máxima da Liderança do Mal.

O "D.N.A." da liderança é que constroí todo o Sistema de visão, valores e "modus operandi" que terá reflexos no resultado entre os seguidores.

E a grande pergunta é: "De onde estão partindo nossos conceitos de Liderança? Da Bíblia ou das "48 leis do sucesso? De Jesus ou de Maquiavel?

Liderança no conceito Bíblico sempre foi ferramenta para serviço. Serviço à Deus e ao próximo. Porém, Liderança expõe o homem pecador ao status de "poder". Foi por isso que Lincoln disse: "Se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder."

Quando o conceito de Liderança é secular a coisa fica ainda mais complicada. Pois o foco é objetivamente o "Poder", o "Controle" e a "Manipulação".

Líderes atuais estão dependendo mais de "técnicas seculares" do que de "princípios espirituais". Como consequência disto, não poderia haver outro resultado na sociedade.

Enquanto a Bíblia dá exemplos de líderes éticos, morais, arrependidos, obedientes e servos; os livros seculares falam de poder, estratégias de manipulação e resultados desprovidos de qualquer ética ou senso de amor Cristão.

"Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores." disse Paulo à Timóteo.

"Quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme", afirmou Salomão.

Reflitindo nestes dois textos, percebemos que não temos "governantes", mas sim "dominadores". E Dominadores são amantes do dinheiro, da cobiça, da apostasia...

Perceba que há uma linha muito tênue entre "Liderar" e "Controlar". Tão tênue que há momentos que uma coisa é sinônimo da outra.

Tendo trabalhado no meio "secular" e no "religioso", diante de politicos e eleitores, observando líderes do Bem e do Mal coinsistirem, começo hoje com o presente artigo, uma descrição dos diversos tipos de líderes com os quais temos que conviver e sobreviver.

Meu propósito não é fazer "nenhuma delação", mas fornecer instrumentos para o entendimento de como o mundo está carente de líderes e como sobreviver diante desta situação.

Acredito que 24 anos de ministério pastoral, 12 anos de experiência em 3 das maiores secretarias de governo como Ouvidor Público, Graduação pelo Haggai Institute em Liderança Avançada e em Gestão de recursos humanos e a convivência prática com todo o tipo de líder, são alguns pontos que me qualificam para a análise obejtiva e bíblica da maior crise que afeta ao planeta: Liderança !






quarta-feira, 5 de abril de 2017