segunda-feira, 4 de maio de 2015

10 Razões porque Jesus não seria aceito como Pastor de algumas igrejas do século XXI



Conheço muitos pastores que seguem o modelo de Jesus como estilo de ministério. Sei de suas lutas para fazerem as congregações que lideram seguirem as Escrituras. Às estes, eu dedico esta breve reflexão.

              “Queremos um pastor segundo o coração de Deus” esse é o grito e a oração de muitas igrejas durante o processo de sucessão pastoral. Deus ouve e resolve enviar um pastor que tenha o compromisso com o Evangelho, e neste Evangelho temos como modelo o Supremo Pastor Jesus Cristo.
               Ocorre que ao“imitar Jesus”, o pastor sincero pode descobrir mais cedo ou mais tarde, que algumas igrejas não aceitam o modelo de Cristo em sua práxis ministerial. Daí a constatação de que se o próprio Jesus fosse candidato ao ministério de algumas igrejas, ele não seria aceito. Vejamos:

1)      O Pastor Jesus pediria Compromissos total dos membros

“E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará.” Lucas 9:23,24


2)      O Pastor Jesus faria Exposições da Palavra prolongadas, duras e objetivas

Quanto tempo por exemplo, Jesus teve que ter para expor por exemplo o sermão da     Montanha? ou o sermão do monte das oliveiras? O que não falar das parábolas, quanto tempo Jesus gastou em cada uma delas para explicar?

           “Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir? Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele. Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos?” João 6:67


3)      O Pastor Jesus promoveria Reuniões de orações focadas, constantes e prolongadas

“E, voltando para os seus discípulos, achou-os adormecidos; e disse a Pedro: Então nem uma hora pudeste velar comigo? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.E, indo segunda vez, orou, dizendo: Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade.E, voltando, achou-os outra vez adormecidos; porque os seus olhos estavam pesados. E, deixando-os de novo, foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras. Então chegou junto dos seus discípulos, e disse-lhes: Dormi agora, e repousai; eis que é chegada a horaMateus 26:40-45


4)      O Pastor Jesus enfatizaria Amor prático expresso em Serviço Cristão Obrigatório

“Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;  Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver” Mateus 25:35,36

5)      O Pastor Jesus valorizaria Ofertas amorosas pequenas

“E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas;E disse: Em verdade vos digo que lançou mais do que todos, esta pobre viúva; Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha.Lucas 21:2-4


6)      O Pastor Jesus Ensinaria adoração como estilo de vida 24 horas por dia e sete dias na semana

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
João 4:23

7)      O Pastor Jesus cobraria  reverência no templo

“E tendo feito um azorrague de cordéis, lançou todos fora do templo, também os bois e ovelhas; e espalhou o dinheiro dos cambiadores, e derribou as mesas; E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda.João 2:15,16

8)      O Pastor Jesus orientaria a confrontação como estratégia de disciplina

“Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; Mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada.” Mateus 18:15,16

9)      O Pastor Jesus  diria: “O ter não é mais importante do que o ser”

porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui"Lucas 12:15

10)  O Pastor Jesus faria da evangelização sua prioridade máxima

“Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes.E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados.Mateus 22:9,10