quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Quando a "Cura" é Impossível !


                                                                                     Pr.Eduardo Baldaci

"Num momento caiu babilônia, e ficou arruinada; lamentai por ela, tomai bálsamo para a sua dor, porventura sarará.Queríamos curar babilônia, porém ela não sarou; deixai-a, e vamo-nos cada um para a sua terra; porque o seu juízo chegou até ao céu, e se elevou até às mais altas nuvens."

                                                                                                                    Jeremias 51:8-9

Não vou falar da cura de uma doença que atinge a parte física de uma pessoa. Quero falar da "Cura Espiritual" de uma doença chamada Pecado que atinge pessoas, nações e organizações.

Quando Jeremias faz referência à Babilônia, fala da cidade e faz referência ao espírito de Apostasia, o qual mais tarde será usado em todo o Novo Testamento para designar todo o afastamento de Deus. A própria origem da palavra Babilônia é "Babel" = Confusão. Tudo o que é falso provém de Babel.

Até hoje, muitos estão embriagados e intoxicados com o que provém de Babilônia.

O mais triste é a declaração de que ela (Babilônia) poderia ter sido curada, mas não foi. Ela esteve com o povo de Deus, ouviu a mensagem do profeta de Deus, mas se recusou obedecer ao Conselho de Deus. Tão perto fisicamente, porém distante espiritualmente.

Neste contexto, a cura possível se torna impossível, pois ao rejeitar o Espírito de Deus e Sua mensagem, extinguiram toda e qualquer chance de arrependimento e concerto com o Senhor.

Haja visto que tal doença tenha potencialidade para atingir pessoas, e consequentemente Igrejas,vejamos como diagnosticá-la:

I - INDIFERENÇA PARA COM A PALAVRA DE DEUS

"Mas isto lhes ordenei, dizendo: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem.
Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante." Jeremias 7:23-24

Deus manda para uma igreja um pastor segundo o coração Dele. Ele prega a Palavra de Deus de acordo com o que Deus manda pregar. Porém, as "ovelhas" resolvem não obedecer a Voz do Espírito Santo e a igreja começa à andar para trás. Isso soa familiar aos seus ouvidos?

A Indiferença para com a Voz de Deus é o primeiro sintoma espiritual de uma igreja doente.

II - INDIFERENÇA PARA COM OS SERVOS DE DEUS

"Os sacerdotes, e os profetas, e todo o povo, ouviram a Jeremias, falando estas palavras na casa do Senhor. E sucedeu que, acabando Jeremias de dizer tudo quanto o Senhor lhe havia ordenado que dissesse a todo o povo, pegaram nele os sacerdotes, e os profetas, e todo o povo, dizendo: Certamente morrerás." Jeremias 26:7-8

Como o pastor não prega o que "gostamos de ouvir", pois suas mensagens são "duras" e espiritualmente penetrantes, a solução é fazer uma reunião para "matar" o ministério do pastor. 

O desrespeito com o profeta de Deus é o segundo sintoma espiritual de uma igreja enferma.

III - INDIFERENÇA PARA COM O PRÓPRIO DEUS

"E fez o que era mau aos olhos do Senhor seu Deus; nem se humilhou perante o profeta Jeremias, que falava da parte do Senhor.
Além disto, também se rebelou contra o rei Nabucodonosor, que o tinha ajuramentado por Deus. Mas endureceu a sua cerviz, e tanto se obstinou no seu coração, que não se converteu ao Senhor Deus de Israel. Também todos os chefes dos sacerdotes e o povo aumentavam de mais em mais as transgressões, segundo todas as abominações dos gentios; e contaminaram a casa do Senhor, que ele tinha santificado em Jerusalém.
E o Senhor Deus de seus pais, falou-lhes constantemente por intermédio dos mensageiros, porque se compadeceu do seu povo e da sua habitação.Eles, porém, zombaram dos mensageiros de Deus, e desprezaram as suas palavras, e mofaram dos seus profetas; até que o furor do Senhor tanto subiu contra o seu povo, que mais nenhum remédio houve."  2 Crônicas 36:12-16

Como Deus manda Sua mensagem e Seu Mensageiro e o povo não obedece nem à um e nem ao outro, a solução é decretar que não há solução, não há cura possível !

Disse Jesus: "Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha. Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens.E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro. Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque pelo fruto se conhece a árvore." Mateus 12:30-33

CONCLUSÃO:

Você que é membro ou líder de uma igreja apática e espiritualmente morimbunda reflita sobre o assunto. Há muitas igrejas "ativas", mas espiritualmente doentes. É certo de que a igreja seja chamada de Hospital, onde estejam os que precisam ser curados. Porém, o que se espera de um bom hospital é que as pessoas não morram de infecção por contágio com "outros doentes". Um bom hospital recebe os doentes e administra o remédio para a cura. Uma igreja doente,que se afasta do "remédio", será mais um "cemitério" do que um hospital.

Se tem um local que não pára de crescer todos os dias, como novas pessoas à cada instante, este lugar chama-se de CEMITÉRIO. Sua igreja pode até crescer em número, mas se não ouve e obedece a Palavra de Deus, se não respeita seus mensageiros; então é um crescimento morto de uma vida espiritual doente e sem chance de permitir a ação do Espírito Santo de Deus.

ARREPENDAM-SE !

"Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir.Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça." Isaías 59:1-2

E Lembrem-se:

"Aquele que, sendo muitas vezes repreendido, endurece a cerviz, será quebrantado de repente sem que haja cura"  Prov.29:1